Novo de novo

Novo de novo

Sonia Racy

06 de dezembro de 2015 | 01h20

Foto: Iara Morselli/Estadão

Foto: Iara Morselli/Estadão

Em uma casa de 1920, localizada no Itaim Bibi, renasce o Banana Café. O bar – que foi sucesso na década de 1990 pelas mãos de José Victor Oliva e Ricardo Amaral – abre as portas amanhã, desta vez sob o comando dos sócios Ruly Vieira, Rico Mansur, Thiago Camilo, Gustavo Amaral – sobrinho de Ricardo – e Gutti Camargo.

A logomarca, criada por Washington Olivetto à época, é a mesma. A reforma do espaço é assinada por Rudolf Pepper, que dividiu o jardim da casa em dois.

De um lado fica um coffee truck, da Delta Café, que abrirá cedo para agradar os diurnos. Do outro, Gilberto Elkis criou um pergolado coberto, para proteger as mesas de fora, agradando ao público noturno.

Do cardápio, bem brasileiro, destaque para a Coxinha da Dona Julia e a Tábua do Gutti. Deve ser a primeira de muitas casas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: