Noves fora

Sonia Racy

16 de setembro de 2015 | 14h15

Ao tomar conhecimento de como se deu o pedido de licença de Murilo Ferreira, que se licenciou da presidência do Conselho de Administração da Petrobrás, Dilma se irritou. E, segundo se apurou com fonte da estatal, mandou Aldemir Bendine demiti-lo.

O presidente da petroleira nada fez. Ainda.

Tendências: