Notado

Sonia Racy

08 de março de 2014 | 01h14

Joaquim Barbosa “derreteu-se de vaidade”, ontem, em Angola, ao ser elogiado pelo presidente Eduardo Santos – no poder desde 1979.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.