Noite de Dupas

Redação

01 de maio de 2009 | 06h00

Uma aula de política internacional de Rubens Ricupero, memórias partilhadas de Celso Lafer, um texto especial José Serra – que não pôde ir – sobre seus primórdios políticos. Foi assim que velhos amigos de Gilberto Dupas lhe prestaram uma última homenagem, anteontem na Livaria Cultura.

No lançamento de Uma Nação com Alma de Igreja, livro organizado por Carlos Eduardo Lins da Silva para a editora Paz e Terra.

E cuja introdução, feita por Dupas, foi definida por Lins da Silva, ombudsman da Folha de S. Paulo, como “talvez o texto mais denso que ele publicou”.

Veja também:
documentoOutras notas no blog da coluna Direto da Fonte

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.