No comando

Sonia Racy

26 de novembro de 2015 | 01h24

Enquanto a cúpula do BTG se decidia, no início da tarde de ontem, pela interinidade de Pérsio Arida na presidência da instituição – o titular, André Esteves, havia sido preso temporariamente, horas antes, pela PF — o banco procurava adotar todas providências possíveis para operar normalmente.
A começar pelo evento para investidores marcado para a tarde, no Sofitel do Rio. Pouco antes de embarcar para lá, Arida afirmou à coluna que a conferência estava mantida e que ele, mais Guilherme Ortiz, ex-BC mexicano, e Eduardo Loyo, ex-diretor do BC brasileiro, dariam palestra.
Foi mantido, igualmente, o evento de hoje em SP em que o mesmo trio falará, na Casa Fasano, para 350 pessoas.
No comando 2
Nota divulgada pelo BTG confirmou, no fim da tarde, a interinidade de Arida na presidência do banco.

Tendências: