No coldre

Sonia Racy

04 de setembro de 2013 | 01h05

Briga de foice na eleição para presidente da Associação dos Delegados da PF. Marcos Leôncio Ribeiro tenta o segundo mandato; já Fernando Segóvia, vice-corregedor, tem apoio de Leandro Daiello, diretor-geral.

José Eduardo Cardozo jura que não se intrometerá. Mais de dois mil delegados irão às urnas no dia 10 de outubro.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: