No bolso

Sonia Racy

03 de setembro de 2013 | 01h04

Andrea Calabi fez as contas: de janeiro a agosto, a arrecadação estadual cresceu 0,4% ante o mesmo período do ano passado. Número que mais impressionou o secretário da Fazenda paulista? O ICMS sobre importações, que aumentou 8,1%.

Já o ICMS sem as importações teve queda de 2,1%. Explicação? Queda na produção industrial.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: