No ar

Sonia Racy

14 de novembro de 2014 | 01h13

Em meio a discussões sobre políticas públicas do setor de aviação, a Azul ameaça sair da Abear – associação que, embora tenha sido criada há pouco tempo, já representa, com eficiência, os anseios coletivos do setor.

Por quê? Não houve concordância de todos os integrantes da entidade em relação à política de incentivos para a aviação regional – que está sendo montada pelo governo Dilma.

Detalhe: dita o estatuto da Abear que, se não houver consenso entre as empresas associadas, cada aérea é livre para batalhar seu ponto de vista individualmente.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.