No ar 3

Sonia Racy

06 de agosto de 2010 | 10h19

Mas a empresa queria se adaptar rapidamente ao acordo já fechado com a tripulação de cabine: o de não mais cancelar folgas com 48 horas de antecedência. O espaço de tempo foi estendido para 96 horas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.