Ninho

Sonia Racy

29 de janeiro de 2014 | 01h09

O cenário externo ocupou boa parte da conversa durante almoço ontem em São Paulo – no restaurante Ici, em Higienópolis –, do qual participaram FHC, Aécio, Sérgio Guerra, Tasso Jereissati, Celso Lafer, Rubens Barbosa e Andrea Matarazzo.

Segundo Aécio, a fragilização da moeda na Argentina, bem como na Venezuela, pode afetar o Brasil.

Ninho 2

Ao final do almoço, FHC “ultrapassou o limite da economia pessoal”, segundo Matarazzo. Esticou o olho para a conta e repassou-a a Aécio, alegando que a quantia era muito pequena para ser dividida.

Tasso acabou pagando tudo.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.