Nervos de aço

Redação

14 de dezembro de 2008 | 06h00

As taxas de juros no Brasil são, sem dúvida alguma, absurdamente altas. Mas este é um problema histórico resultante de erros passados e gastos futuros.

Na fotografia do momento, o BC provou, quarta-feira à noite, ao manter a taxa de juros inalterada, que sua atuação continua técnica. Apesar das gigantescas pressões internas ou externas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: