Nem tão distante

Sonia Racy

12 de novembro de 2013 | 01h01

Direto da China, Michel Temer desembarcou ontem em Abu Dabi, onde se encontrou com o príncipe Mohammed bin Zayed Al Nahyan. “Ele tem muito interesse no Brasil, quer levar investimentos para infraestrutura”, contou à coluna o vice-presidente – durante jantar oferecido pelo embaixador brasileiro João de Mendonça Lima Neto, em sua casa, aos empresários que viajam com o Lide/Audi, de João Doria.

Para tanto, segundo Temer, o Brasil precisa, primeiro, intensificar os voos. “A Austrália está à mesma distância dos Emirados Árabes que o Brasil. E há 130 voos semanais entre os dois países. Já o Brasil conta menos de dez”, explica Temer. Isso dificulta a concretização de negócios.

Distante 2

Temer se encontra hoje com o emir de Dubai, Mohammed bin Rashid Al Maktoum.

Bem como os integrantes do Lide. Na pauta, abertura de novos canais comerciais.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.