Nave enxugando

Sonia Racy

14 Março 2015 | 01h06

Resumindo: o pacote se limitaria aos estaleiros Jurong e Brasfels, ambos de Cingapura. Ficariam de fora os nacionais EAS (Camargo Corrêa e Queiroz Galvão), ERG (Engevix e Funcef) e Enseada (Odebrecht, UTC , OAS ).

Primeira tranche? Algo como US$ 3,5 bilhões.