Natureza ingrata

Redação

26 de abril de 2009 | 06h00

Um estudo do diretor do Instituto Liberal, José Luiz de Carvalho, conclui que acidentes naturais matam mais do que os provocados pelo homem. Em 2006, a natureza matou 23.833 pessoas. Já os desastres tecnológicos mataram 9.900.

Com isso, Carvalho discute “qual é o papel do Estado sem atingir a liberdade da sociedade organizada”.

Veja também:
documentoOutras notas no blog da coluna Direto da Fonte