Natal gorducho

Redação

29 de outubro de 2009 | 07h45

Enquanto a indústria reza para não fechar o ano no vermelho, o comércio prevê crescer de 6% a 8% no Natal. Previsão que Alencar Burti, da Associação Comercial, fará hoje, no Rotary Club.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: