Não, não é

Sonia Racy

13 de abril de 2011 | 23h10

E a Fiesp perdeu o sono na última madrugada.

Se a China for reconhecida como economia de mercado pelo governo brasileiro, os industriais admitem reagir até por meio da Justiça.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: