Não faça o que eu digo

Sonia Racy

10 de maio de 2011 | 23h13

Enquanto o Cade pediu aos representantes da Brasil Foods silêncio total até a apresentação final do relatório sobre a fusão Sadia/Perdigão, o conselheiro relator do caso, Carlos Ragazzo, tornou público o parecer da procuradoria-geral do conselho. Documento, aliás, solicitado ao ProCade por ele próprio. Coisa que a turma da BRF considerou uma punhalada nas costas.

É, desse jeito, o caso tem chance de terminar na… Justiça.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.