Não e não

Sonia Racy

29 de setembro de 2011 | 23h11

Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, presidente do Santos, não acredita que o jogador tenha assinado qualquer coisa ou recebido depósito. “Seria ilegal, um comportamento inadequado, que não condiz com a relação de convergência que temos com a família”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: