Nada de sobrepreços

Nada de sobrepreços

Sonia Racy

19 Julho 2016 | 01h00

nota coluna hoje

 

Apesar de toda propina paga no petrolão, Léo Pinheiro, da OAS, não rasga dinheiro. Prova disso são as mensagens acima, transcritas pela PF de um dos três celulares, do empreiteiro, apreendidos. Foram enviadas para seus sócios na Invepar – concessionária do aeroporto de Guarulhos – com reclamação. Pinheiro pede atenção aos altos preços praticados por franqueado do aeroporto. E solicita a tabela de todos. “Não está certo!”, finaliza. Em tempo: não estão propriamente identificados acima Gustavo Rocha (presidente da Invepar) e Antonio Carlos Mata Pires (acionista da OAS).