Na rede

Sonia Racy

16 Abril 2011 | 23h14

Anda carente? O esconderijo de boa parte do PIB com este sintoma é na Lunch 42, agência de encontros que cobra pela ajudinha… R$ 5 mil mensais. Às vésperas do Dia dos Namorados, a procura cresce 20%. E a agência jura que 70% dos primeiros encontros tem, sim, continuidade.

A identidade dos clientes é sigilosa, mas a empresa diz que há artistas e advogados bem conhecidos do público.