Na frente

Sonia Racy

02 de março de 2012 | 01h00

Tucano atento fez as contas na coletiva de Serra, anteontem: “Há 11 câmeras e 50 jornalistas aqui. No debate das prévias, segunda-feira, entre Aníbale Tripolieram 5 jornalistas e… nenhuma TV”.

Bete Arbaitman organiza avant-première do Um Violinista no Telhado em prol da AMEM e UNIBES. Domingo.

A Cia. de Dança Quasar estreia hoje no Ibirapuera.

O ateliê de Sandro Barros abre no dia 8 de março.

Liz Reis protagoniza a peça São Paulo Surrealista. Estreia hoje, no Madame Satã.

Agnaldo Farias, Noemi Jaffe e Paulo Miyada discutem obra de Mattia Denisse, com a presença do artista. Hoje, no Tomie Ohtake.

Mal súbito acometeu, anteontem, Protógenes Queiroz passou a noite vomitando. Resultado: faltou à primeira audiência pública da CPI das Privatizações, a qual propôs. Em Salvador.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: