Na frente

Na frente

Redação

04 de novembro de 2008 | 08h25

Da série filho de peixe, lagartixa não é. Camila Fasano começa a alçar vôo solo. A filha quituteira de Andrea acaba de criar o Fasano Bambini.

Milú Villela jantava domingo à noite no Sallvattore com Maria Adelaide Amaral, Malu Montoro, Maria Helena e Carlos Eduardo Sobral. Nenhuma palavra sobre a união do Itaú com o Unibanco.

Sarah Palin até chegou a ditar moda nos EUA, mas na corrida fashion, Michelle Obama acabou levando a melhor. Garantiu aumento nas vendas de um tailleur amarelo, que usou na entrevista do The Tonight Show.

O grupo La Estampa conseguiu feito inédito: que a família Tom Jobim cedesse a letra de Samba do Avião. Para ser usada no convite da sua festa, quinta-feira, na Ilha Fiscal, no Rio.

Nicolas Stern, que assina uma das mais completas avaliações sobre o impacto do aquecimento global na economia mundial, está no Brasil. Tem encontro marcado no Santander e na Fiesp.


Correção: o show da Telefônica no Parque Villa-Lobos é no próximo domingo. E novidade: contará com Toni Garrido no lugar de Frejat.

A neo-socialista Gretchen não conseguiu eleger-se prefeita de Itamaracá. Mesmo assim, quer fazer o sucessor. Demis Miranda, seu 10º marido, estréia como cantor no novo disco da cantora. Já tem gaiato dizendo: se fosse na política, seria nepotismo.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.