Na frente

Na frente

Redação

26 de outubro de 2008 | 06h00

Desconstrução de drinks? Pois é. Considerado o Ferran Adriá dos barmen, o inglês Tony Conigliaro esteve no Brasil há alguns dias para ensinar algumas de suas mágicas ao colega Henrique Medeiros. A convite da Cîroc.

Alexandre Herchcovitch é o único brasileiro a fazer parte do time de seis estilistas que irão desenvolver um perfume para o projeto inglês Six Scents Initiative. Toda a renda será revertida para as pesquisas da Aids.

Paul McCartney está em guerra com Ronald McDonald. Como assim? É que uma lanchonete da rede, em Liverpool, teve a infeliz idéia de promover seus sandubas usando imagens dos Beatles. Paul, que é vegetariano, pediu aos fãs que boicotem a rede.

E Ivaldo Bertazzo está preparando uma invasão no pavilhão desta Bienal. Com a colaboração voluntária de 100 cidadãos, devidamente ensaiados.

Marlon Brando, Vida e Obra, de Gustavo Piqueira, mesmo autor do Manual do Paulistano Moderno e Descolado, será lançado quarta, na Livraria da Vila da Alameda Lorena.

A Nobel de literatura Doris Lessing entregou 113 cartas que escreveu entre 1969 e 2007 à Universidade de East Anglia, na Inglaterra. A expectativa é que o material, em breve, se transforme em livro.

Crise? Que crise? A empresa Al Maabar, de Abu Dhabi, vai erguer unidades residenciais, distrito comercial, bairro turístico, mesquitas, campo de golfe, museus, num conjunto cujo valor estimado chega a US$ 10 bilhões. Onde? Em Bagdá.

Só na política brasileira mesmo. Veja só, o DEM, ex-PFL, apóia o Gabeira, ex-guerrilheiro. E o PT, partido de ex-guerrilheiros, apóia o PMDB, partido… faltam palavras.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: