Na frente

Redação

01 de outubro de 2008 | 08h10

Ben Harper fez bonito no palco do About Us, domingo. Mas ao olhar para trás e ver sua imagem ampliada no telão, teve seu momento narciso: “Ninguém deveria ser desse tamanho, só eu mesmo.”

Sonia Braga surpreendeu ao dizer que, só agora, os homens reconheciam o valor que há muito lhe era dado pelos Orixás da Bahia. Anteontem, ao receber título da Câmara Municipal de Salvador. Tá falado, Gabriela…

Alexis Cavichini exagerou um pouco em seu livro A História dos Seguros no Brasil, a ser lançado hoje, no Jockey Club do Rio. Começa em 1.700 a.C.

Reynaldo Gianecchini e Rodrigo Santoro se largaram na noite paulistana, no domingo. Passaram a madrugada de segunda no Gambiarra, festa no centro de São Paulo que reúne samba-atrizes-diretores-e-simpatizantes.

Nostálgico empresário de São Paulo pediu à mulher que guardasse seus livros do tempo da faculdade. Entre eles, Economia de Hoje, com data de 1980. E ela não resistiu à pergunta inevitável: “Por que, se nem os publicados ontem sobre o assunto valem mais?”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: