Na frente

Na frente

Redação

31 de janeiro de 2009 | 06h00

É só um número, mas o TRE paulista não sabe o que fazer com ele. No registro de eleitores no Estado, que tem 15,1 milhão de eleitoras e 13,9 milhões de eleitores, 66.806 pessoas não informaram… o sexo.

No melhor estilo só para quem pode, a filial brasileira da loja de Christian Louboutin terá uma sala fechada por espelhos. Destinada às clientes vips.

Paulo Betti vai aterrissar em Burkina Faso, na África, com um grupo de 15 cineastas. Exibirá seu documentário Tão Perto, Tão Longe no festival de cinema Fespaco, o “Cannes Africano”, no fim de fevereiro.

Jack Terpins foi reeleito para a Presidência do Congresso Judaico Latino-Americano.

A Pinacoteca adquiriu, esta semana, uma escultura de madeira do artista Amilcar de Castro. A obra passa a integrar o acervo permanente do museu.

A filmagem de The Expendables começa em março. Mas Mickey Rourke não vem. Suas cenas serão todas nos EUA. Cléo Pires está cotada para uma das personagens.

Saem do forno duas produções carnavalescas da Maria Bonita Filmes. O documentário de Paulo Machline sobre Joãosinho 30 e o filme Jonas e a Baleia, de Lô Politi, sobre história que se passa nos estacionamentos dos carros alegóricos.

Definido. É a estilista Helô Rocha quem assina as camisetas-convite do Expresso 2222.

Barack Obama já é tema do carnaval baiano. O novo presidente é o herói do jingle oficial: “Será que eu posso sonhar, eu posso/ Se o negão chegou lá, eu posso/ No terreiro da Casa Branca/ Ou na igreja do Bonfim/ Eu posso, eu posso sim…”

Leia outras notas no blog da coluna Direto da Fonte

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.