Na frente

Na frente

Redação

23 de dezembro de 2008 | 06h00

Com escolta do Garra e de mão dadas com Jesus Luz, Madonna apareceu às 2h40 de domingo em bar sem nome em Pinheiros, batizado de “bar secreto”. Nenhum dos vips presentes – Mariana Ximenes, Bruno Barreto, Fernando Scherer, Preta Gil ou Dudu Bertholini, entre outros – conseguiu chegar perto da diva. Repeteco do que aconteceu na sua passagem pelo no Bar Londra, do Rio. Onde conheceu o modelo.

É de José Eduardo Cardoso o título de político-fã número 1 de Madonna. Assistiu ao show quinta e sábado. Sobre a ausência da namorada Manuela D’Avila no sábado, brincou. “Alguém tem que trabalhar…”

Orlando Silva já está em clima de festa. No sábado, o ministro gastou a sola do sapato no sambão da Praça Roosevelt. Para quem não sabe, o local, frequentado por atores e diretores de teatro, tem sim a ver com o ministro. A mulher dele, Tininha, é atriz.

A virada em São Paulo ganha mais uma atração esportiva: a São Silvestre Gay. O vencedor da corrida marcada para o dia 1º leva um prêmio-fortuna: nada menos que R$ 300.

Cá entre nós. Não existe nada mais natalino que o novo casal-relâmpago da noite paulistana: Madonna e… Jesus.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: