Na fila

Sonia Racy

26 de outubro de 2014 | 01h03

Corre no STF que, se vencer a eleição, Dilma vai escolher o sucessor de Joaquim Barbosa só no ano que vem. E que ela teria preferência por um nome do Nordeste.

Em caso de derrota, a presidente indicaria o nome logo após a eleição – para não deixar a tarefa a cargo de Aécio.

Na fila 2

E o próximo ocupante do Palácio do Planalto terá quatro vagas empacadas no STJ para preencher. Comenta-se por lá que, se for Aécio, o assunto só sairá da gaveta no ano que vem. Já se Dilma vencer, a decisão sairia antes do réveillon.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.