Na carne

Sonia Racy

30 de setembro de 2015 | 01h08

A reunião do Conselho de Administração da Petrobrás deve discutir hoje como aprofundar o enxugamento de funcionários terceirizados. No último encontro foi aprovado o desligamento de 30% deste efetivo – algo como 5 mil pessoas.

O Planalto acompanha com preocupação as demissões.