Na Câmara, uma homenagem à imperatriz Leopoldina

Na Câmara, uma homenagem à imperatriz Leopoldina

Sonia Racy

04 Dezembro 2018 | 00h29

DOM BERTRAND DE ORLEANS E BRAGANÇA. FOTO: DIVULGAÇÃO

DOM BERTRAND DE ORLEANS E BRAGANÇA. FOTO: DIVULGAÇÃO

Texto atualizado às 19h30, para correção de conteúdo

Hoje tem homenagem, na Câmara Municipal, para… a imperatriz Maria Leopoldina. Seu tetraneto dom Bertrand de Orleans e Bragança recebe, em nome dela, o prêmio Paul Donovan Kigar.

Em reconhecimento por assinar o decreto de independência do Brasil em 1822.

Rememorando: foi dona Maria Leopoldina quem assinou o decreto, no dia 2 de setembro — na ocasião o imperador d. Pedro I estava viajando. No dia 7, retornando de Santos, ele recebeu o documento e proclamou a Independência, junto ao riacho Ipiranga.

Leia mais notas da coluna:
Bolsonaro diz que deve encontrar Trump em março
Presidencialismo de coalizão ‘não vai acabar’, avisa sociólogo