Musa da TV

Musa da TV

Sonia Racy

15 de fevereiro de 2015 | 15h40

Nascida e criada na comunidade de Jardim Colombo, zona sul de SP, a dançarina Erika Moura é a primeira paulistana eleita Globeleza – em votação no Fantástico. Aos 22 anos, a estudante de Fisioterapia falou à coluna pouco antes do início da folia de Momo.

Você é a primeira Globeleza paulista da história. Está sentindo muita pressão?
Pelo contrário, é uma grande satisfação representar o nosso carnaval! Ser a primeira paulistana é mostrar que todos nós, brasileiros, de qualquer Estado, temos gingado e samba no pé, seja o mineiro, o carioca, o baiano ou o paulistano.

Como é ter um posto temporário, que só existe durante a semana de carnaval?
Não encaro como temporário. Durante este período é natural que a Globeleza apareça mais na TV e na imprensa, mas trabalho para que o resultado do que é feito durante o carnaval dure o ano inteiro.

Como lida com o fato de que, para muitas pessoas, a “única” Globeleza seja a Valéria Valenssa, a pioneira na função?
A Valéria marcou história como a precursora e sempre foi linda e carismática no posto de musa. Ela é uma referência. Eu me lembro da época em que a via na TV, quando criança; a vinheta que mais me marcou foi quando apareceu grávida. Achei sensacional! Assim como ela, me entrego por inteiro através daquilo que mais amo, a dança.
/SOFIA PATSCH

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: