Mundo gira…

Sonia Racy

12 de julho de 2012 | 01h07

Parte do empresariado brasileiro realmente mudou. Quer depender menos de governos. Sexta-feira, o Instituto de Estudos Para o Desenvolvimento Industrial, presidido hoje por Pedro Passos, apresentou, em almoço fechado, um trabalho sobre mecanismos de incentivo ao financiamento privado de longo prazo. Coisa hoje mais do que possível com a queda de juros.

A intenção é tirar o peso do BNDES como praticamente único financiador nacional.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.