MPF inclui fornecedora francesa em inquérito sobre submarinos

Sonia Racy

10 Junho 2018 | 01h42

 

Da Lava Jato para o alto mar. O MPF abriu o leque e decidiu agora abrir inquérito civil… sobre submarinos. Mais exatamente, para apurar supostas fraudes em contratos entre  a Marinha e a francesa DCNS, que fornece material para os futuros submarinos de propulsão nuclear do Brasil.

A denúncia vem sendo investigada há tempos, pea Lava Jato.  A grande surpresa do inquérito é a inclusão, no processo, da empresa francesa — que até aqui parecia nada ter com isso.