MP definirá corte da contribuição das empresas ao Sistema S

Sonia Racy

04 de maio de 2019 | 00h10

Está em construção, no Ministério da Economia, uma MP determinando corte da contribuição das empresas ao Sistema S. Pelo que se apurou, a redução do pagamento deve girar em torno de 40% da contribuição paga hoje. Vale registrar que, somados, esses recursos chegaram, em 2017, a mais de R$ 15 bilhões.

As indústrias tiram hoje 1% da sua folha de pagamento para repassar ao Senai e outro 1,5%, ao Sesi. As empresas de comércio pagam 1,5% da folha ao Sesc. Esse dinheiro é distribuído entre todas as entidades que compõem o Sistema S.

Vai andar?

A ideia, segundo fonte ao par da tratativa, é dar mais combustível para que as empresas aumentem suas atividades acelerando a contratação de funcionários para permitir um maior aquecimento da economia.

O governo Bolsonaro, segundo essa mesma fonte, teria se conscientizado de que a reforma da Previdência não sairá com a urgência de que o Brasil precisa para crescer. E que medidas pontuais terão que ser editadas.

Vai andar 2

Vale lembrar que, em dezembro do ano passado, Paulo Guedes declarou que era preciso “meter a faca” no sistema S, durante evento na Firjan, no Rio. Com a equação acima, ele diminui os recursos arrecadados com o Sistema S e permite às empresas se capitalizar.

Menu monetário

Foram vistos almoçando no MAM do Rio, na quinta-feira, Paulo Guedes, Roberto Campos Neto, do BC, e Solange Vieira, da Susep.

Próximos

Depois da frase “Holocausto Nunca Mais” nas paredes do Congresso, e do agradecimento de Bibi Netanyahu a Bolsonaro pela homenagem, anteontem, um novo lance na aproximação Brasil-Israel: a nova turma de diplomatas do Itamaraty escolheu na sexta-feira, como patrona… Aracy Guimarães Rosa.

Mulher do renomado escritor, ela ficou conhecida como “O Anjo de Hamburgo”, que salvou muitos judeus atuando no consulado do Brasil em Berlim, nos anos 1930 e 40.

Novo modelo

Bruno Barreto e Boni fazem parte de um conselho criado por João Doria para idealizar a nova TV Cultura. Querem que ela tenha audiência maior, seja mais atraente e que eventualmente… exiba comerciais.

Antunes 1

Antunes Filho se foi, anteontem, em plena atividade. O que incluiu ao menos quatro idas ao teatro, em quatro meses, ensaios de um novo Nelson Rodrigues – que interrompeu há pouco – e aulas que dava no curso para atores no Sesc, aos sábados.

Antunes 2

Em depoimento à coluna, em 2017, Zé Celso Martinez dizia entender Antunes Filho… a seu modo. Gostava muito “quando ele fazia teatro mais comercial, grandes peças da Broadway…” Mas depois, afirmou, “o teatro dele passou a ser um teatro em busca dessa coisa chamada cultura, entende?”

Estreia

Em homenagem ao seu primeiro Dia das Mães como mamãe, Sabrina Sato estreia nesta segunda série especial no seu canal no YouTube. A primeira convidada especial será… sua mãe, Kika Sato. Depois, falará de temas como parto, puerpério e amamentação.

In loco

A edição do guia Michelin RJ & SP tem novidades no seu lançamento, dia 6. Pela primeira vez, além do coquetel, a cerimônia de anúncio da seleção dos restaurantes estrelados e Bib Gourmand contará com um jantar harmonizado, preparado por sete chefs. No Unique.

Leia mais notas da coluna:
+ País não precisa de ‘novas áreas’ para aumentar produção agrícola, diz Salles
+ Especialistas questionam análise de ministro sobre creches

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.