MP requisitou ao TCU investigação sobre armamento da população no governo Bolsonaro

MP requisitou ao TCU investigação sobre armamento da população no governo Bolsonaro

Sonia Racy

22 de janeiro de 2021 | 00h50

O subprocurador-geral do MP no TCU Lucas Furtado. Foto: Dida Sampaio/Estadão

O MP requisitou que o TCU investigue o armamento da população durante o começo do governo Bolsonaro até ano passado. Como? Levantando os números dos novos registros de armas na PF bem como no Exército. 

Na representação, o subprocurador-geral do MP no TCU, Lucas Furtado, explica que busca dados para avaliar o impacto do crescimento na atual política de segurança pública do País. O aumento foi calculado em 90% – entre 2019 e 2020. 

Furtado pediu também averiguar a potência e modelo dessas armas. “O governo liberou o acesso, antes restrito, a armas de maior potencial ofensivo, como pistolas 9 mm e fuzis semiautomáticos”, registra o pedido. 

Ares do bem 

A Latam transportou essa semana 15 toneladas de vacinas (513 caixas) gratuitamente para vários estados.  Levou  mais 52 toneladas de insumos médicos – entre eles, 675 cilindros de oxigênio – com destino a Manaus. Tem mais na semana que vem. 

Sucesso 

Autora mais vendida no Brasil em 2020, Djamila Ribeiro já escolheu, na condição de coordenadora da coleção Feminismos Plurais da Editora Jandaíra, os três próximos títulos a serem editados. São as obras Colorismo, de Alessandra Devulsky, Transfeminismo, de Letícia Nascimento e Trabalho Doméstico, de Juliana Teixeira. 

Neste semestre, ela entrega novo livro em forma de carta para  sua avó, Antonia, editado pela Cia das Letras.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.