MP quer impedir Cruz Vermelha de derrubar sede para construir shopping

Sonia Racy

30 de junho de 2017 | 12h21

Duas promotorias do MP paulista pediram à Justiça que interrompa os planos da Cruz Vermelha de autorizar a derrubada de sua sede – próximo à Avenida 23 de Maio, em Indianópolis – para ali se construir um shopping center. O MP quer também que o Judiciário suspenda o processo no qual o Conpresp decidiu pelo não tombamento da área – no qual, argumenta, a sociedade civil não foi ouvida.

No entender da Promotoria do Meio Ambiente, o terreno, localizado na Avenida Moreira Guimarães, “tem valor histórico e cultural, vegetação de extrema relevância ambiental e apresenta-se gravado com cláusula de inalienabilidade”. Além disso, a Promotoria de Habitação e Urbanismo abriu inquérito para investigar se a construção de shopping naquele local está de acordo com o plano diretor do município. E, segundo ela, com a pretensão da construção do empreendimento “a demolição dos prédios pode ser iminente”.