MP começa campanha por melhor informação em alimentos processados

MP começa campanha por melhor informação em alimentos processados

Sonia Racy

18 Outubro 2018 | 00h35

FOTO DANIEL TEIXEIRA / ESTADÃO

A Associação Nacional do MP do Consumidor abre campanha, hoje, para tornar mais claros e detalhados os rótulos de alimentos processados nos mercados. Propõe, na prática, um “selo de advertência na parte frontal das embalagens”, para indicar “de forma sucinta, visível e compreensível” os perigos desses alimentos, em especial os que contêm sódio, açúcar e gorduras saturadas.

Motivo? Números precisos, e preocupantes, expostos numa análise de seis laudas, dão conta do crescimento da obesidade no País, que já chega aos 20% da população. Além disso, dizem os promotores, essa revisão “é mais que urgente” porque quase 80% da população não entendem as tabelas nutricionais.

Leia mais notas da coluna:
Bolsonaro resiste a pressões da bancada rural
Discurso de Haddad deixa ex-conselheiro da Petrobrás perplexo