Carta de Goiás quer garantir investimento a sítios históricos do País

Sonia Racy

03 Agosto 2018 | 00h40

Vem aí movimento organizado para garantir que sítios históricos do País – Ouro Preto, Diamantina, Goiás, Congonhas do Campo, Olinda… – continuem recebendo apoio e investimentos do governo.

No dia 15, a Carta de Goiás leva a assinatura de Kátia Bogea, do Iphan, e mais quatro ministros – os da Cultura, Cidade, Turismo e Meio Ambiente. A Carta é o ponto alto do Seminário Internacional sobre Gestão de Sítios Culturais, na cidade de Goiás.