Missão pessoal

Missão pessoal

Sonia Racy

29 de agosto de 2013 | 01h09

Foto: Denise Andrade/Estadão

Peter Singer, filósofo australiano, ganhou jantar pilotado pelo Centro da Cultura Judaica, anteontem, na casa de Meyer Nigri. Os trinta convidados tiveram a oportunidade de um tête-à-tête com o professor, antes mesmo de sua conferência para o Fronteiras do Pensamento – que ocorreu ontem. A “miniaula” foi, principalmente, sobre altruísmo e filantropia.

David Feffer, da Suzano, perguntou o que funciona melhor: fazer doações em dinheiro, força de trabalho ou tempo. Já Célia Parnes, da Unibes, quis saber como tornar sustentável o processo de captação de recursos.

Singer defendeu que é necessário transformar atos de filantropia em compromissos pessoais, que devem, cada vez mais, ser adotados por indivíduos e sociedades.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: