Minoritário

Sonia Racy

23 de maio de 2012 | 01h08

O Banco do Brasil resolveu ser mais light em sua tentativa de abocanhar o Santander Brasil – aproveitando que a situação da economia espanhola vai de mal a pior.

Corre em Brasília que o BB pode fazer proposta para comprar menos de 49% do banco, desde que o negócio também envolva o Votorantim.

Além de Robson Rocha, presidente do conselho da Previ, fala-se de Ivan de Sousa Monteiro, vice do BB e aliado a Aldemir Bendine, para a presidência do fundo no lugar de Ricardo Flores. A decisão deve se dar depois do dia 29, data da eleição direta para outros cargos.

Em tempo: o novo estatuto da Previ estabelece que o presidente tem de ser funcionário da ativa do BB!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.