Ministro reavalia cinco anos de multas do Ibama

Sonia Racy

17 de janeiro de 2019 | 00h30

RICARDO SALLES

RICARDO SALLES. FOTO: NILTON FUKUDA/ESTADÃO

Ricardo Salles, do Meio Ambiente, recebeu ontem a primeira versão do volume das multas aplicadas pelo Ibama nos últimos cinco anos, já devidamente conferidas pelo pessoal da CGU.

“Só 1% do total foi pago”, contou ontem o secretário.

Mais de 77 mil

O programa Ibama Dados Abertos, no portal do instituto, informa um total de 77.306 multas ambientais em todo o País – excluídos os embargos – nos cinco anos entre janeiro de 2014 e dezembro de 2018. O valor? Algo como R$ 16,4 bilhões.

Mas, na coluna sobre a situação do débito, a imensa maioria traz expressões como “análise de mérito do recurso” ou “prazo de defesa” e muito pouco “liquidado”.

Na média anual, essas infrações ficaram entre 16.906 em 2016 e 14.341 em 2018.

Leia notas da coluna:
Carlos Bolsonaro vive no Planalto e acompanha pai em audiências
‘Por anos, a iniciativa privada evitou entrar na política’, diz criador da CNN Brasil