Ministério da Infraestrutura não aposta em nova greve dos caminhoneiros

Sonia Racy

09 de janeiro de 2021 | 00h50

Pelos corredores do Ministério da Infraestrutura, paira uma certa descrença em relação à ameaça do Conselho Nacional de Transporte Rodoviário de Cargas – que marcou paralisação no próximo dia 1.  

Lembram, a quem pergunta, a soma de nove tentativas anteriores de mobilização parecidas com essa, que acabaram não se concretizando em 2019. E três outras em 2020.  

Para fontes do ministério, o patrocínio de post agendando a greve geral nas redes seria sinal de que o movimento não é espontâneo e teria capilaridade bem menor do que a da greve em 2018.  

Noves fora 2 

Consultada, a pasta informa que mantém diálogo com as principais entidades representativas da categoria por meio do Fórum do Transporte Rodoviário de Cargas. 

Noves fora 3 

O que querem? Nova política de valores mínimos de pagamento do frete, redução do preço do combustível, entre outras.

Sofrido 

Eduardo Pazuello tem tido…insônia. O ministro tem tomado remédio para dormir e não esconde isso. 

David’s fans

Em comemoração aos 74 anos de David Bowie, todo o seu repertório está disponível no canal no TikTok: @DavidBowie. E a partir de amanhã, será lançado o desafio #TheStarman. Para os criadores de conteúdo. 

Direto do forno

 A peça Vicente e Antonio, sobre a amizade de Florestan Fernandes e Antonio Candido vira livro de autoria de Oswaldo Mendes, diretor e ator.  

Texto de apresentação? De Paulo Sérgio Pinheiro, Danilo Santos Miranda e Florestan Fernandes Júnior.  

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: