Amanhã, na TV, Temer mapeia a economia do País

Sonia Racy

15 de junho de 2016 | 00h45

Se ao assumir a presidência interina Temer achou melhor não falar em cadeia nacional, nesta quinta-feira ele finalmente o fará. O presidente interino vai apresentar à Nação um balanço do que já foi feito na sua curta gestão (comemorará a grande queda do risco Brasil, sinalizando a retomada da confiança) e mapeará a situação econômica do País.

A gravação da fala será feita à tarde, horas antes do pronunciamento, e incluirá explicações da proposta de emenda constitucional a ser entregue hoje ao Congresso.

Realidade

Sobre essa PEC, que pode vir a ser a maior reforma dos gastos federais desde a Constituinte, Delfim Netto é sucinto: “O Executivo precisa do apoio do Legislativo para ter êxito. E por isso, o governo hoje é constituído por quem tem votos para colocar à disposição do projeto”.

“Gênios”, emenda Delfim com certa ironia, “só em nível técnico”. Repetindo que, no quadro atual, só a política pode salvar a economia.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: