Meu tesouro

Redação

25 de fevereiro de 2009 | 06h00

Já sem Lula ao lado, Sérgio Cabral desceu à pista, na madrugada de ontem, para ver Portela e Mangueira.

Mas seu coração bateu, mesmo, foi ao ver o ritmista da Mangueira – seu filho Marco Antônio.

Leia outras notas no blog da coluna Direto da Fonte

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.