Meu nome é trabalho

Redação

06 de dezembro de 2008 | 06h00

Depois de levar alguns dos prêmios mais importantes de literatura do ano, o escritor Cristóvão Tezza afirmou que, em 2009, quer se dedicar “à felicidade”.

O que quer dizer isso para ele? Terminar um romance estacionado – “uma história de amor que ainda está na página 30…”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.