Més que un amigo

Sonia Racy

12 Julho 2012 | 01h03

Sandro Rosell, do Barcelona, tem acompanhado de perto o desenrolar do caso de suposto suborno envolvendo o amigo Teixeira e Havelange.

Segundo fonte da coluna em Zurique, ele teme que a investigação volte a expor suas relações empresariais com o ex-presidente da CBF.

E faça ruir um sonho: o de se tornar presidente da Fifa.