Menos médicos

Sonia Racy

08 Setembro 2015 | 01h53

Dois estudantes da Medicina da USP deixaram uma pedestre indignada, anteontem, perto da escola. Ambos ignoraram, não muito longe deles, uma mulher que estava claramente passando mal.

Devidamente encaminhada a uma ambulância pela cidadã, a moça era… médica do HC. Cobrados, os rapazes explicaram: estavam ali “só esperando carona para viajar…”.