Menos é mais

Sonia Racy

11 Março 2015 | 01h05

Na tentativa de impor um teto a gastos em campanhas presidenciais, Dias Toffoli, do TSE, deu, na Câmara, um argumento de peso.

A França limita esse gasto a R$ 45 milhões. Dilma gastou R$ 350 milhões em 2014; Aécio, R$ 223 milhões.