“Menas”

Sonia Racy

03 de março de 2011 | 23h09

Fabricantes de cerveja, acreditando ser inevitável o aumento de impostos, brigam por limita-lo em 5,9%, equiparando o número com a inflação no período. Evitando um acréscimo de 8%, como querem os técnicos governamentais.

As conversas seguem ao longo do carnaval…

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.