Melhorias   

Sonia Racy

17 Julho 2016 | 01h50

Em tempos de Uber, taxistas estão suando a camisa na tentativa de se tornarem mais atraentes aos olhos dos paulistanos. Para retomar clientela perdida, a Adetax lança amanhã o Movimento Confia Táxi.
Primeira missão? Abrir consulta pública sobre os problemas na busca de soluções.
 
Melhorias 2 
A partir das informações coletadas, a associação das empresas de táxi pretende montar um manual de conduta com regras para o veículo e para os taxistas. Quem aderir ganha o selo do movimento.
Apesar de não haver pesquisa oficial, a categoria diz que a queda de passageiros variou de 15% a 30% pós-Uber.