Melhor, estraga

Sonia Racy

29 de março de 2011 | 16h54

A arrecadação de SP, segundo números fresquinhos de Andrea Calabi, vai muito bem, obrigado. Em fevereiro, o ICMS cresceu mais de 10% na comparação com o mesmo mês do ano passado. Significa que a economia brasileira, ou pelo menos a paulista, ainda não arrefeceu. Como quer o Banco Central, temendo inflação.

Um dado em especial chama atenção: o do crescimento do pagamento de impostos de importação. Aumentou nada menos que 15%. É o efeito “real” do real valorizado em ação.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.